Mensagens no celular da esposa motivaram duplo homicídio em Curitiba

Lincoln Augusto Fante, de 26 anos, foi preso, suspeito do duplo homicídio que vitimou Anderson Joel Lourenço, 34 anos, e Matheus Henrique de Toledo, de 24 anos. O crime aconteceu no dia 08 de junho de 2019, no bairro Cidade Industrial, em Curitiba. A motivação para o crime pode ter sido algumas mensagens enviadas ao celular da esposa do preso.

Segundo as investigações, o suspeito atirou quatro vezes contra Anderson, no momento em que ele aguardava, dentro do carro, o sinaleiro abrir. Logo em seguida o suspeito realizou mais um disparo que atingiu a outra vítima, condutor do veículo que estava parado ao lado.

Após o crime o suspeito se apresentou na delegacia e confessou a intenção de matar Lourenço, mas alegou não ter a intenção de matar a segunda vítima. Segundo ele o tiro teria sido acidental. Versão que foi desmentida por laudos periciais e o relato de testemunhas.

De acordo com as testemunhas, o suspeito conhecia Toledo e o matou porque ele foi testemunha dos primeiros disparos. Segundo a PCPR, o objetivo foi assegurar a impunidade quanto ao primeiro crime. O homem foi preso preventivamente e encontra-se à disposição da Justiça.

“Ele teve um desafeto com o Anderson por problemas pessoais. Inconformado com estes desentendimentos, ele entendeu por bem matar o Anderson”, disse o delegado Tiago Nobrega, responsável pelas investigações. Matheus, porém, acabou sendo morto por ter presenciado o assassinato. “Ele estava em uma posição de defesa”, ressaltou o delegado.

Fonte: tibunapr