Bandidos roubam carro de mulher no Portão e são mortos em confronto com a PM na BR-116

Depois de assaltarem uma mulher e levarem dela o carro, um HB20, três bandidos acabaram se dando mal ao fugirem de uma equipe da Polícia Militar (PM). O trio conseguiu percorrer um trajeto longo, mas acabou morto em confronto com os policiais que tentaram abordá-los. A ação aconteceu na noite desta segunda-feira (12) e começou no bairro Portão, em Curitiba, mas terminou na BR-116, no bairro Caximba, já no limite com Fazenda Rio Grande, Região Metropolitana de Curitiba (RMC).

O tenente Geison, supervisor do 13º Batalhão da PM, contou que o trio abordou a vítima por volta das 19h20, na Rua Daisy Luci Berno, no bairro Portão, em Curitiba. “Os três armados com revólveres, deram voz de assalto. Um deles ainda bateu com a arma no tórax da mulher e obrigou que descesse”, disse o policial, completando que a mulher tinha acabado de sair de um mercado e que atenderia uma cliente. “Quando parou o carro, foi abordada”.

Obedecendo a ordem dos bandidos, a mulher saiu do carro, mas ligou para o 190. “Ela informou as características do veículo e das pessoas que tinham a assaltado. As equipes começaram as buscas, o cerco policial se fechou e, em determinado momento, uma viatura da Rotam (Rondas Ostensivas Tático Móvel) se deparou com o veiculo e começou um acompanhamento”.

Segundo o tenente, o trio fugiu por alguns quilômetros até que, na BR-116, no sentido a Fazenda Rio Grande, eles foram forçados a parar por conta do trânsito. “No que encostaram o carro, saíram pulando o guard rail, entraram num matagal e atiraram contra as equipes, que reagiram e os três morreram”.

Com o trio, os policiais encontraram três revolveres calibre 38. “Todos com munições deflagradas. Infelizmente [a morte dos assaltantes] não é o que a PM espera, mas se necessário for é a resposta que os policiais têm que dar, inclusive para resguardar a própria vida”, comentou o tenente destacando que os bandidos foram audaciosos. Do trio, um deles não foi identificado. Os outros dois teriam 21 e 24 anos. Os corpos foram recolhidos pelo Instituto Médico-Legal (IML).

Fonte: tribunapr