PEP 1 tinha túnel que estava sendo simetricamente cavado para fuga de presos

Agentes penitenciários frustraram uma fuga de presos da Penitenciária Estadual de Piraquara I (PEP I), região metropolitana de Curitiba. No fim da tarde deste sábado (14), eles descobriram um túnel que ia de uma das celas até o gramado interno da unidade.

Por volta das 17h, uma equipe do Grupo de Segurança Interna (GSI), pertencente ao Departamento Penitenciário (Depen), fazia a ronda numa área externa, porém dentro dos muros da unidade, quando notou uma deformação no gramado. Quando chegaram perto, viram que a grama estava “cortada”. Ao puxarem aquele quadrado de grama para cima, se depararam com o túnel, já inteiro escavado.

O túnel dava no cubículo 105 da primeira galeria. Com apoio do Setor de Operações Especiais (SOE), os agentes retiraram todos os presos da primeira galeria para fazer a revista estrutural e se depararam com um túnel simetricamente cavado. A terra retirada do buraco estava acondicionada nas blusas de uniformes dos presos e em lençóis.

Depois da revista, os presos do cubículo 105 foram isolados e os demais foram recolocados em suas celas. Não se sabe ao certo quando e como eles pretendiam fugir, visto que ainda teriam os muros da unidade para escapar depois acessassem o gramado. Também não se sabe quando o túnel começou a ser feito. Enquanto isto é investigado, o SOE deverá permanecer em tempo integral na PEP I, para garantir a segurança. O GSI também deverá reforçar as rondas no entorno da unidade.

Fonte: tribunapr